Revista sportiva copy - Estatística e futebol: como prever o futuro de seu time
Futebol

Estatística e futebol: como prever o futuro de seu time

Há quem diga que a prática de esportes envolve sorte, sina ou uma habilidade nata. Na verdade, muito mais que um dom, o treino, esforço pessoal e técnicas determinam o sucesso ou fracasso de um jogador e time.

No nosso caso, como meros espectadores, a principal forma de obter informações precisas e concretas é através de uma profunda estatística.

Através de uma análise apurada, é possível antecipar alguns resultados ao se observar as tendências de comportamento de um time. Com a comparação de dados de algumas partidas, é possível, inclusive, auxiliar um time na contratação de um jogador e prever se ele irá se adaptar ou não ao elenco atual.

A análise estatística do desempenho no futebol é uma prática consideravelmente recente, já que até pouco tempo creditava-se o bom desempenho de um time a sorte ou ao “pulso firme” do treinador. Porém se isso fosse verdade, bastaria uma escalação com grandes nomes do esporte para garantir a vitória de um time.

Na verdade, o que se observa é que equipes que investem na consultoria de especialistas em estatísticas do esporte, seja em empresas especializadas ou como auxiliares técnicos particulares, tem obtido melhores resultados nas competições que participam.

Esses profissionais influenciam diretamente o esquema tático e convocações, auxiliam treinadores a compreender o time adversário e em muitos casos ganham bônus conforme os resultados obtidos.

De fato, no momento da análise estatística de um jogador, questões subjetivas como gostar ou não de um determinado jogador ou a fluidez de um jogo não são relevantes. Esses fatores não podem — e não são — desconsiderados em uma análise geral do desempenho, porém para fins estatísticos, eles são deixados em um segundo plano.

Um exemplo prático de que a estatística pode superar a afinidade foi a contratação do lateral Richarlyson pelo Atlético Mineiro em 2010. Na época, mesmo tendo participado de três importantes vitórias pelo São Paulo, Richarlyson estava longe de ser um favorito da torcida. Porém, quando o Atlético Mineiro precisou buscar um reforço para o seu time, as estatísticas de Richarlyson foram muito mais importantes que o apoio popular.

 

gustavo ferreira 711007 unsplash copy - Como será a transmissão de jogos de futebol em 2019?
Futebol

Como será a transmissão de jogos de futebol em 2019?

Para quem acompanha futebol, poder assistir as partidas, seja em casa ou nos estádios, é algo essencial. Afinal, quem não deseja ver ao vivo os melhores lances de seu time do coração? Até o ano de 2018, a principal forma encontrada para quem desejava assistir um jogo ao vivo era através dos canais do Grupo Globo, que abrange o canal de TV aberta Globo e os canais fechados SporTV e Premiere.

Porém, a realidade para quem deseja acompanhar os principais campeonatos de 2019 não é tão tranquila, afinal, pela primeira vez desde 1987 que o Grupo Globo não entra em acordo com o Clube dos 13 — conglomerado dos 16 principais times de futebol do Brasil e que, de forma geral, dita regra sobre a transmissão dos jogos.

people 1284253 1280 Recovered copy - Como será a transmissão de jogos de futebol em 2019?

 

Devido discordâncias em relação a transmissão de alguns jogos — por exemplo, a priorização de alguns times para a transmissão em TV aberta, mesmo em jogos decisivos aos campeonatos — além da interessante oferta recebida de um conglomerado privado, times como o Atlético Paranaense, Bahia, Internacional , Palmeiras e Santos assinaram um contrato de parceria com o canal Esporte Interativo para a transmissão do Campeonato Brasileiro até 2024.

A parceria com a corporativa Turner parecia sólida e segura, todavia, o acordo entre os times e outro grupo de entretenimento influenciou diretamente na negociação entre os times e o Grupo Globo, que reduziu drasticamente a oferta de pagamento pela transmissão dos jogos.

Em teoria, os direitos de imagem do time e seus jogadores é de livre oferta, podendo ser negociado com quantos canais sejam de seu interesse. Na prática, é preciso um equilíbrio delicado entre times e canais, afinal, apenas quando o canal tiver o contrato dos dois times que poderá ocorrer uma transmissão ao vivo.

Para que haja uma noção completa, o SporTV tem direito a transmitir ao vivo 156 jogos, enquanto o Grupo Turner pode transmitir 42 partidas. No limbo ficam 182 jogos, que não poderão ser transmitidos por nenhum dos grupos, já que se tratam de “partidas mistas” cujos times cederam os direitos de imagem para empresas diferentes.

soccer 186839 1280 - Como será a transmissão de jogos de futebol em 2019?

A situação fica ainda mais complexa ao se considerar que o Grupo Turner anunciou em agosto a desativação dos canais Esporte Interativo, e com isso, a transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro deve ser migrada para os canais Space e TNT, competindo por espaço com os demais programas da grade regular dos canais.

O Grupo Globo, pioneiro e maior referência na transmissão do Campeonato Brasileiro, já manifestou publicamente que existe uma possibilidade real e concreta da transmissão parcial do campeonato, perdendo assim o principal atrativo para a contratação de seus canais fechados, que era a transmissão ao vivo de todos os jogos do campeonato.

Quanto aos times, alguns já passaram a organizar o orçamento de 2019 sem considerar o adicional pela transmissão de imagem, outros negociam com as empresas patrocinadoras os possíveis ajustes que podem ser realizados e ainda há quem não se manifeste a respeito, deixando que a negociação siga sigilosa até o início do próximo campeonato.

 

mario klassen 224549 unsplash copy 2 - Calendário de jogos de 2019: Descubra as principais datas do futebol brasileiro
Futebol

Calendário de jogos de 2019: Descubra as principais datas do futebol brasileiro

Se você gosta de acompanhar seu time em todos os campeonatos que ele participa, certamente quer colocar na agenda desde já as datas dos principais eventos que seu time irá participar.

Para ajudar você na organização de seu planejamento pessoal, temos todas as informações fornecidas pela CBF com a organização dos jogos em 2019.

A principal mudança em comparação ao ano de 2018 é que em 2019, as partidas noturnas devem começar até as 21h30. A antecipação do horário das partidas é uma reinvindicação antiga de torcidas variadas, já que com o horário atual, em que partidas podem começar até as 22:00, o encerramento dos jogos ocorria quase meia-noite, dificultando assim a locomoção de quem deseja utilizar transporte público para comparecer às partidas.

Outra mudança imposta pela CBF foi um ajuste no final da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro, para que não haja o conflito entre os eventos e o Campeonato Libertadores da América.

<–!more–>

fancy crave 22481 unsplash - Calendário de jogos de 2019: Descubra as principais datas do futebol brasileiro

 

No caso da Copa do Brasil, a data de início foi agendada para o dia 06 de fevereiro e as finais ocorrerão dias 04 e 11 de setembro. Já no Campeonato Brasileiro, a mudança ocorreu nas partidas de ida e volta dos mata-mata, onde o intervalo entre os jogos foi reduzido para apenas uma semana nas partidas que ocorrerem a partir das quartas de final. Neste caso, a proposta é que a fase final do Campeonato Brasileiro não coincida com a final da Libertadores, o que poderia comprometer o bom rendimento dos times brasileiros.

Entre 14 de junho e 07 de julho haverá uma pausa nas competições nacionais pela ocorrência da Copa América, evento que será sediado no Brasil. Porém, em outras datas-Fifa — eventos internacionais com participação da seleção —, os campeonatos locais não serão interrompidos, havendo apenas a liberação dos jogadores convocados pela seleção.